Região Loire

Não é à toa que a região da Loire é considerada patrimônio mundial pela Unesco e o 4º destino mais visitado na França. Sua beleza natural é de tirar o fôlego e seus fabulosos châteaux são verdadeiras obras de arte criadas pelo homem. Para completar, o Loire é um daqueles poucos lugares especiais que produzem diferentes estilos de vinho sem perder classe e qualidade.

 Como inúmeras regiões viticultoras francesas, foi a passagem dos romanos que deu nascimento aos vinhedos, cujos primeiros do Pays Nantais (extremo oeste do Loire) foram plantados há mais de 2000 anos. Nos séculos seguintes foram os monges que deixaram sua marca na história ao se encarregarem do mapeamento das melhores parcelas de terra para o cultivo de uvas e da popularização da cultura do vinho, utilizando o rio para o transporte fora do país pelo fácil acesso às rotas internacionais.

 

Estendendo-se por 2000 km, com aproximadamente 60.000 hectares, o vinhedo do Loire está localizado na porção centro/noroeste da França. Tanto o clima como o solo variam devido à sua grande extensão. O clima é continental na sua porção leste vizinha à Borgonha, no centro do país; clima marítimo com correntes quentes do Atlântico na sua parte oeste, na região de Nantes, próximo à foz do rio. Quanto ao solo, na parte oeste apresenta granito, gnaisse (rocha feldspática laminada), xisto e rocha vulcânica. Mais ao centro surge tufo (calcário poroso), sílex xisto, mica e pedra calcária. No extremo leste, há cascalho, marga (calcário argiloso) e pedra calcária.

 

Com tanta diversidade de clima e solos, com as uvas não poderia ser diferente: na parte oeste temos Melon de Bourgogne e Folle Blanche, na parte central do vale reinam Chenin e Cabernet Franc e na parte leste temos Sauvignon Blanc e Pinot Noir. Uvas mais raras também aparecem: Romorantin, Chasselas, Cot e Pineau d`Aunis contribuem para dar cor a esse mosaico da Loire.


 

Vinhos da região Loire

Buscar