Pinot Gris Sonnenglanz Grand Cru, 2011

Região: Alsace
Tipo: Vinho branco
Uvas: 100% Pinot Gris

Descubra esse vinho
Toda e expressividade e exuberância do mestre do Grand Cru Sonnenglanz, Jean-Christophe Bott. Inesquecível.

Saiba o que você vai beber

Aromático e complexo, com notas de mel, abacaxis assados e pomelo. Em boca é envolvente, intenso e suave, com final salino.


A produção desse vinho é biodinâmica

Jean-Christophe é reconhecido com o melhor produtor de vinhos Sonnenglanz Grand Cru. No vinhedo, todo o cuidado é tomado para se ter respeito ao que é vivo (vegetal e solo). Trabalhos de solos, uso de compostos e preparados da biodinâmica. Com impressionantes 80 parcelas distribuídas nos vinhedos do Domaine, as possibilidades de terroirs contrastantes são inúmeras. Solos marga-calcários. Exposição sul-sudeste. Vinhas de 20 a 30 anos. Colheita manual, delicada prensagem por 10 horas e fermentação natural com leveduras nativas, por 5 meses. Maturação sobre borras finas até engarrafamento, em setembro do ano seguinte. Este vinho não sofre colagem, chaptalização, acidificação ou adição de enzimas. 37g/L de açúcar residual. 17,7 pts Jancis Robinson.

Saiba tudo sobre Pinot Gris Sonnenglanz Grand Cru, 2011

Tipo Vinho branco - seleção de la Croix vinhos franceses
Tipo
Vinho branco
Região Alsace - seleção de la Croix vinhos franceses
Região
Alsace
Uvas 100% Pinot Gris - seleção de la Croix vinhos franceses
Uvas
100% Pinot Gris
Safra 2011 - seleção de la Croix vinhos franceses
Safra
2011
Tamanho 750 ml - seleção de la Croix vinhos franceses
Tamanho
750 ml
Graduação alcoólica 13,7º - seleção de la Croix vinhos franceses
Graduação alcoólica
13,7º
Produção Biodinâmica - seleção de la Croix vinhos franceses
Produção
Biodinâmica
Harmonização Terrine de foie gras, foie gras poêlé com damascos, timo de vitela com morilles, pratos agri-doces, canard à l’orange, omelete de trufas, queijos de pasta prensada.  - seleção de la Croix vinhos franceses
Harmonização
Terrine de foie gras, foie gras poêlé com damascos, timo de vitela com morilles, pratos agri-doces, canard à l’orange, omelete de trufas, queijos de pasta prensada.
Serviço Melhor abrir 15 minutos antes de servir, a 9 graus. - seleção de la Croix vinhos franceses
Serviço
Melhor abrir 15 minutos antes de servir, a 9 graus.
Tempo de guarda Pronto, mas pode ser guardado por mais de 20 anos. - seleção de la Croix vinhos franceses
Tempo de guarda
Pronto, mas pode ser guardado por mais de 20 anos.

Conheça o produtor Domaine Bott-Geyl

Quem quer conhecer a Alsácia, tem passagem obrigatória pelos vinhos de Jean-Christophe Bott. Estrela em ascensão na região, é queridinho tanto em tribos “cult”, como em mesas mais aristocráticas como de Robert Parker.

Na contramão da mecanização da viticultura, que domina 50% da produção total da Alsácia, Jean-Christophe honra com maestria a história do domaine da família, que tem suas raízes em 1795 e faz correr nas veias o amor ao vinho por tantas gerações.

Sutileza, equilí...
Você gostaria de conhecer mais o Domaine Bott-Geyl, clique aqui.
Conheça outros vinhos do Domaine Bott-Geyl, clique aqui.


Conheça a região Alsace

Aromas e texturas definem os vinhos alsacianos!

 

A história desse vinhedo é contada pelas influências germânicas e romanas. A cultura da vinha está presente ali desde a chegada dos Romanos, tendo sido retomada pelos merovíngios e carolíngios. Antes do ano 1000, as vinhas eram cultivadas em 160 localidades da Alsácia. Na Idade Média, os vinhos alsacianos eram um dos mais prestigiados...
Você gostaria de conhecer mais a região Alsace, clique aqui.
Conheça outros vinhos da região Alsace, clique aqui.

Buscar