Monbazar, 2017

Tipo: Vinho branco liquoroso médio
Uvas: 50% Chenin Blanc 30% Sémillon 20% Muscadelle

Descubra esse vinho
Por 8 gerações o Château Barouillet permaneceu na mesma família, que sempre souberam amar e cuidar dessa terra. Neste vinho com o simpático nome de Monbazar o equilíbrio natural era de 10,5% de álcool, Vincent Alexis não queria forçar artificialmente a fermentação com leveduras artificiais. Portanto, ele saiu da denominação de Monbazillac, que exige um mínimo de 12%. Ao perder o nome, Vincent Alexis foi autorizado a aumentar a porcentagem de Chenin, passando para 50% (enquanto ele tem direito a um máximo de 10%).

Saiba o que você vai beber

De cor âmbar surpreendente! A fermentação longa e lenta proporciona um nariz inebriante que mistura mel, cera, frutas cristalizadas além de aromas frescos como flores brancas. O vinho é cheio, sedoso, redondo, mas mantém um toque de acidez que lhe confere leveza, garantia do belo compromisso entre untuosidade, açúcar e frescor. Seu potencial de envelhecimento é imenso.


A produção desse vinho é natural

Prensagem longa (ciclos de 5 horas). A fermentação é realizada com leveduras naturalmente presentes nas uvas (leveduras indígenas). A fermentação de vinhos doces é um passo longo e difícil devido à alta concentração de açúcar nos mostos. Os vinhos geralmente fermentam por 12 meses de acordo com as estações do ano, com fases de atividade intensa e fases muito calmas. Quando o equilíbrio desejado de álcool residual de açúcar é obtido, a fermentação é interrompida por filtração, o que permite uma determinação precisa do teor de enxofre no vinho. O engarrafamento é realizado imediatamente após a filtração para minimizar as doses de SO2.

Saiba tudo sobre Monbazar, 2017

Tipo Vinho branco liquoroso - seleção de la Croix vinhos franceses
Tipo
Vinho branco liquoroso médio
Região Sud-Ouest (Bergerac) - seleção de la Croix vinhos franceses
Região
Sud-Ouest (Bergerac)
Uvas 50% Chenin Blanc 30% Sémillon 20% Muscadelle - seleção de la Croix vinhos franceses
Uvas
50% Chenin Blanc 30% Sémillon 20% Muscadelle
Safra 2017 - seleção de la Croix vinhos franceses
Safra
2017
Tamanho 750 ml - seleção de la Croix vinhos franceses
Tamanho
750 ml
Graduação alcoólica 10,5º - seleção de la Croix vinhos franceses
Graduação alcoólica
10,5º
Produção Natural - seleção de la Croix vinhos franceses
Produção
Natural
Ocasião Para dois, presente clássico - seleção de la Croix vinhos franceses
Ocasião
Para dois, presente clássico
Harmonização Aperitivo, com foie gras, carnes brancas como ensopado de aves, tajines de cordeiro, queijo azul (roquefort), sobremesas de frutas vermelhas - seleção de la Croix vinhos franceses
Harmonização
Aperitivo, com foie gras, carnes brancas como ensopado de aves, tajines de cordeiro, queijo azul (roquefort), sobremesas de frutas vermelhas
Serviço Servir entre 8 a 10 graus. - seleção de la Croix vinhos franceses
Serviço
Servir entre 8 a 10 graus.
Tempo de guarda Pronto, mas pode ser guardado por mais de 20 anos. - seleção de la Croix vinhos franceses
Tempo de guarda
Pronto, mas pode ser guardado por mais de 20 anos.

Conheça o produtor Château Barouillet

Há 8 gerações, o Château Barouillet permaneceu na mesma família. Vincent Alexis encarna a nova geração desta família cujos ancestrais foram capazes de amar e valorizar esta terra. Com um talento raro, ele retorna para a agricultura camponesa, com a valorização de cada parcela da propriedade. Hoje o Domaine pratica a cultura biodinâmica para sublimar o seu terroir.
Você gostaria de conhecer mais o Château Barouillet, clique aqui.
Conheça outros vinhos do Château Barouillet, clique aqui.

Conheça a região Sud-Ouest

A região do Sudoeste da França (em específico Montravel e Bergerac) e Bordeaux mantém uma relação de amor e ódio desde tempos antigos. Em 1294, Henrique III deu permissão à população de Bordeaux para confiscar todo o vinho vindo de Montravel que viajasse pelo rio Dordogne, o único meio de transporte possível para a produção de vinhos desta região na época. Desde então, as duas regiões combatem uma à outra. Pode-se dizer que Bordeaux levou vantagem pois é a região produtora de vinhos mais c...
Você gostaria de conhecer mais a região Sud-Ouest, clique aqui.
Conheça outros vinhos da região Sud-Ouest, clique aqui.

Buscar