La Gouyate, 2018

Tipo: Vinho branco meio doce médio
Uvas: 40 % Chenin, 30 % Muscadelle e 30 % Sémillon

Descubra esse vinho
Há 8 gerações a propriedade está na família de Vincent Alexis que é responsável pela conversão das vinhas em agricultura orgânica, usando apenas enxofre em doses homeopáticas. Os vinhos impressionam por suas precisão e elegância. La Gouyate é uma mistura de chenin, muscadelle e semillon, colhidas em plena maturidade com algumas uvas botritizadas. É um ótimo aperitivo além de acompanhar muito bem foie gras e queijos.

Saiba o que você vai beber

De cor levemente dourada e encantadora, esse vinho tem um nariz de frutas tropicais frescas. No paladar é redondo com uma ampla explosão de frutas, flores e mel acompanhada de frescor num conjunto levemente doce e persistente


A produção desse vinho é biodinâmica

Para essa cuvée é necessária a porcentagem certa de uvas botritizadas que trarão para o vinho untuosidade, dulçor e complexidade de aromas. Junto às uvas botritizadas uma quantidade sem botritis é mantida a fim de se conservarem frescor e vivacidade. Sua colheita é feita ao amanhecer para trazer uvas mais frescas. Na vinificação é realizada a prensagem direta em prensa pneumática e decantação estática a frio. A fermentação ocorre somente com leveduras nativas, em tanques de aço inoxidável, para se manter a tipicidade do terroir. Esse vinho não passa por fermentação malolática. Quando o equilíbrio desejado entre álcool e residual de açúcar é obtido, a interrupção da fermentação é causada por filtração. O vinho é engarrafado poucos dias após a filtração para se minimizarem as doses de SO 2. A maturação é feita em garrafas pelo menos 3 meses antes da comercialização.

Saiba tudo sobre La Gouyate, 2018

Tipo Vinho branco meio doce - seleção de la Croix vinhos franceses
Tipo
Vinho branco meio doce médio
Região Sud-Ouest (Bergerac) - seleção de la Croix vinhos franceses
Região
Sud-Ouest (Bergerac)
Uvas 40 % Chenin, 30 % Muscadelle e 30 % Sémillon - seleção de la Croix vinhos franceses
Uvas
40 % Chenin, 30 % Muscadelle e 30 % Sémillon
Safra 2018 - seleção de la Croix vinhos franceses
Safra
2018
Tamanho 750 ml - seleção de la Croix vinhos franceses
Tamanho
750 ml
Graduação alcoólica 12º - seleção de la Croix vinhos franceses
Graduação alcoólica
12º
Produção Biodinâmica - seleção de la Croix vinhos franceses
Produção
Biodinâmica
Ocasião Para dois, presente clássico - seleção de la Croix vinhos franceses
Ocasião
Para dois, presente clássico
Harmonização Foie gras (trio perfeito com geléia de cebola), risoto com roquefort, costeletas de porco com creme. Sobremesas:charlotte de chocolate, Sufflet de manga e  tiramisu. - seleção de la Croix vinhos franceses
Harmonização
Foie gras (trio perfeito com geléia de cebola), risoto com roquefort, costeletas de porco com creme. Sobremesas:charlotte de chocolate, Sufflet de manga e tiramisu.
Serviço Servir, entre 8 a 10 graus. - seleção de la Croix vinhos franceses
Serviço
Servir, entre 8 a 10 graus.
Tempo de guarda Pronto, mas pode ser guardado por mais de 5 anos. - seleção de la Croix vinhos franceses
Tempo de guarda
Pronto, mas pode ser guardado por mais de 5 anos.

Conheça o produtor Château Barouillet

Há 8 gerações, o Château Barouillet permaneceu na mesma família. Vincent Alexis encarna a nova geração desta família cujos ancestrais foram capazes de amar e valorizar esta terra. Com um talento raro, ele retorna para a agricultura camponesa, com a valorização de cada parcela da propriedade. Hoje o Domaine pratica a cultura biodinâmica para sublimar o seu terroir.
Você gostaria de conhecer mais o Château Barouillet, clique aqui.
Conheça outros vinhos do Château Barouillet, clique aqui.

Conheça a região Sud-Ouest

A região do Sudoeste da França (em específico Montravel e Bergerac) e Bordeaux mantém uma relação de amor e ódio desde tempos antigos. Em 1294, Henrique III deu permissão à população de Bordeaux para confiscar todo o vinho vindo de Montravel que viajasse pelo rio Dordogne, o único meio de transporte possível para a produção de vinhos desta região na época. Desde então, as duas regiões combatem uma à outra. Pode-se dizer que Bordeaux levou vantagem pois é a região produtora de vinhos mais c...
Você gostaria de conhecer mais a região Sud-Ouest, clique aqui.
Conheça outros vinhos da região Sud-Ouest, clique aqui.

Buscar