Jurançon Costat Darrer, 2017

Tipo: Vinho branco liquoroso médio
Uvas: 80% Petit Manseng, 20% Gros Manseng

Descubra esse vinho
A equipe de Jean-Marc Grussaute realiza um amplo estudo do ambiente e da terra que permite oferecer a descoberta do lugar, do vinho e de sua história. Mesmo fortalecida, não perde de vista a dimensão familiar e humana de sua atividade, os gestos de cada um e seu sentido servem à causa do solo e à sua perenidade. «Somos enólogos e atores do nosso ambiente, na Agricultura Orgânica hoje»

Saiba o que você vai beber

É um vinho de cor amarelo dourado e brilhante. Possui um caráter assertivo, marcado pela fruta. Seus aromas exóticos de abacaxi, manga e marmelo misturam-se harmoniosamente em um paladar doce sustentado pela acidez viva dando-lhe fluidez e digestibilidade. Suas notas de laranja e tangerina proporcionam uma agradável sensação de frescor e leveza ao final de boca.


A produção desse vinho é biodinâmica

Toda a produção é feita com uvas de cultivo orgânico em vinhas de 25 anos em solo argilo-arenoso. De 25 de outubro a 10 de novembro as uvas passificadas sem botrytis são colhidas manualmente, desengaçadas, prensadas, com fermentação por leveduras nativas em barris de 225L (5% novos) e 1.200 a 2.500 litros (barris termorregulados), sem fermentação malolática. Passa 6 meses em contato com as borras, com bâtonnage, e em seguida fica até o verão em foudres de 1.200 a 2.500 litors. Açúcar residual: 60 gr.

Saiba tudo sobre Jurançon Costat Darrer, 2017

Tipo Vinho branco liquoroso - seleção de la Croix vinhos franceses
Tipo
Vinho branco liquoroso médio
Região Sud-Ouest (Jurançon) - seleção de la Croix vinhos franceses
Região
Sud-Ouest (Jurançon)
Uvas 80% Petit Manseng, 20% Gros Manseng - seleção de la Croix vinhos franceses
Uvas
80% Petit Manseng, 20% Gros Manseng
Safra 2017 - seleção de la Croix vinhos franceses
Safra
2017
Tamanho 750 ml - seleção de la Croix vinhos franceses
Tamanho
750 ml
Graduação alcoólica 13º - seleção de la Croix vinhos franceses
Graduação alcoólica
13º
Produção Biodinâmica - seleção de la Croix vinhos franceses
Produção
Biodinâmica
Ocasião Presente surpreendente - seleção de la Croix vinhos franceses
Ocasião
Presente surpreendente
Harmonização Aperitivos, foie gras, aves assadas com passas, queijo roquefort, queijos de ovelha, torta de ameixa - seleção de la Croix vinhos franceses
Harmonização
Aperitivos, foie gras, aves assadas com passas, queijo roquefort, queijos de ovelha, torta de ameixa
Serviço Melhor servir a 10 graus. - seleção de la Croix vinhos franceses
Serviço
Melhor servir a 10 graus.
Tempo de guarda Pronto, mas pode ser guardado por mais 10 anos. - seleção de la Croix vinhos franceses
Tempo de guarda
Pronto, mas pode ser guardado por mais 10 anos.

Conheça o produtor Domaine Camin Larredya

O domaine se encontra no sudoeste da França, nas encostas de Jurançon, vinhedos do Piemonte Pirineus (solos argilos-sílicos.) A família está dedicada ao cultivo de videiras e à produção de vinhos há vinte anos. Jurançon é um vinho seco e doce. Proveniente de 9,5 ha de vinhas certificadas em agricultura orgânica, incluindo 27% de Gros Manseng, 65% de Petit Manseng, 8% de Petit Courbu e Camaralet.

O estudo do ambiente e da terra é exaustivo e preciso, permite aos produtores descobrir o...
Você gostaria de conhecer mais o Domaine Camin Larredya, clique aqui.
Conheça outros vinhos do Domaine Camin Larredya, clique aqui.


Conheça a região Sud-Ouest

A região do Sudoeste da França (em específico Montravel e Bergerac) e Bordeaux mantém uma relação de amor e ódio desde tempos antigos. Em 1294, Henrique III deu permissão à população de Bordeaux para confiscar todo o vinho vindo de Montravel que viajasse pelo rio Dordogne, o único meio de transporte possível para a produção de vinhos desta região na época. Desde então, as duas regiões combatem uma à outra. Pode-se dizer que Bordeaux levou vantagem pois é a região produtora de vinhos mais c...
Você gostaria de conhecer mais a região Sud-Ouest, clique aqui.
Conheça outros vinhos da região Sud-Ouest, clique aqui.

Buscar