Jurançon "Au Capceu", 2017

Tipo: Vinho branco licoroso encorpado
Uvas: 100% Petit Manseng

Descubra esse vinho
Jóia líquida das mãos de um tenor de Jurançon. Um vinho para não se ater a uma só garrafa: deguste agora e por mais 50 anos.

Avise-me quando este produto estiver disponível

Saiba o que você vai beber

De cor dourada, é um vinho refinado, poderoso e equilibrado. Revela aromas frutados sublimes, frutas cristalizadas, damasco e frutas cítricas, envoltos em finas e delicadas notas de mel. É uma demonstração magnífica de equilíbrio entre potência, dulçor e frescor, com um impressionante potencial de envelhecimento.


A produção desse vinho é biodinâmica

Toda a produção é feita com uvas de cultivo orgânico , emsolo argilo-sílico e provenientes das parcelas com maior altitude nas colinas, plantadas em sua maioria em terraços com exposição sul e leste.Colheita manual de uvas passificadas, realizada em sucessivas passagens, no final de novembro e em alguns anos até mais tarde, graças aos ventos quentes de outono vindos da Espanha . Não há botrytis. As uvas são prensadas e passam por maceração pelicular por 72 h, com pequena adição do Jurançon Sec já fermentado, no objetivo de proteger contra uma excessiva oxidação. O vinho então fermenta em tonéis de 1.200 l e barricas de 225 l. Maturação sur lies por 10 meses e mínima sulfitagem antes do engarrafamento. Açúcar residual: 90 gr.

Saiba tudo sobre Jurançon "Au Capceu", 2017

Tipo Vinho branco licoroso - seleção de la Croix vinhos franceses
Tipo
Vinho branco licoroso encorpado
Região Sud-Ouest (AOC Jurançon) - seleção de la Croix vinhos franceses
Região
Sud-Ouest (AOC Jurançon)
Uvas 100% Petit Manseng - seleção de la Croix vinhos franceses
Uvas
100% Petit Manseng
Safra 2017 - seleção de la Croix vinhos franceses
Safra
2017
Tamanho 750 ml - seleção de la Croix vinhos franceses
Tamanho
750 ml
Graduação alcoólica 13º - seleção de la Croix vinhos franceses
Graduação alcoólica
13º
Produção Biodinâmica - seleção de la Croix vinhos franceses
Produção
Biodinâmica
Ocasião Presente surpreendente - seleção de la Croix vinhos franceses
Ocasião
Presente surpreendente
Harmonização <p>Aperitivos, aves, queijos e doces, como <i>foie gras</i>, aves assadas com passas, queijo <i>roquefort</i>, queijos de ovelha, torta de ameixa.</p> - seleção de la Croix vinhos franceses
Harmonização

Aperitivos, aves, queijos e doces, como foie gras, aves assadas com passas, queijo roquefort, queijos de ovelha, torta de ameixa.

Serviço Melhor servir a 10 graus. - seleção de la Croix vinhos franceses
Serviço
Melhor servir a 10 graus.
Tempo de guarda Pronto, mas pode ser guardado por mais 50 anos. - seleção de la Croix vinhos franceses
Tempo de guarda
Pronto, mas pode ser guardado por mais 50 anos.

Conheça o produtor Domaine Camin Larredya

Béarn: um local único! As cores, o relevo, a atmosfera. Tudo é diferente e suave por aqui, tendo o equilíbrio como espinha dorsal. O clima tem tanto influências atlânticas como meridionais e impõe o descobrimento de uma casta igualmente única e adaptada: a Petit Manseng.

Camin Larredya homenageia esta herança territorial da AOC Jurançon e trabalha na busca da identidade mais genuína desta casta. Conta a história da transformação de um remoto vinhedo nas colinas de Béarn em um dos pr...
Você gostaria de conhecer mais o Domaine Camin Larredya, clique aqui.
Conheça outros vinhos do Domaine Camin Larredya, clique aqui.


Conheça a região Sud-Ouest

A região do Sudoeste da França (em específico Montravel e Bergerac) e Bordeaux mantém uma relação de amor e ódio desde tempos antigos. Em 1294, Henrique III deu permissão à população de Bordeaux para confiscar todo o vinho vindo de Montravel que viajasse pelo rio Dordogne, o único meio de transporte possível para a produção de vinhos desta região na época. Desde então, as duas regiões combatem uma à outra. Pode-se dizer que Bordeaux levou vantagem pois é a região produtora de vinhos mais c...
Você gostaria de conhecer mais a região Sud-Ouest, clique aqui.
Conheça outros vinhos da região Sud-Ouest, clique aqui.

Buscar