Chablis Grand Cru Valmur, 2018

Tipo: Vinho branco médio
Uvas: 100% Chardonnay

Descubra esse vinho
Um Grand Cru instigante, com dupla personalidade: de um lado a potência solar, de outro a austeridade mineral.

Saiba o que você vai beber

De cor ouro pálido com reflexos esverdeados, esse vinho tem um nariz denso e puro, cheio de aromas cítricos, notas de baunilha, manteiga fresca e avelãs. Em boca é rico e estruturado com um registro mineral, floral e de ervas finas, que se equilibram com a força da fruta e de especiarias. A essência de um Grand Cru!


A produção desse vinho é "raisonée" (sustentável)

O Chablis Grand Cru Valmur, como todos os climats Grands Crus de Chablis, situa-se à margem direita do Serein formando um anfiteatro com orientação sul e oeste, oferecendo ampla exposição solar. As vinhas estão implantadas em solos de margas de Kimmeridgian, porém este Valmur dispõe de uma localização particular: ,a parte superior da parcela tem solo mais fino e pedregoso, enquanto a parte inferior da encosta tem solos mais profundos e argilosos. Esta característica fornece aos vinhos grande complexidade e equilíbrio. A vinificação é tradicional com envelhecimento longo em barricas borgonhesas.

Saiba tudo sobre Chablis Grand Cru Valmur, 2018

Tipo Vinho branco - seleção de la Croix vinhos franceses
Tipo
Vinho branco médio
Região Bourgogne (AOC Chablis Grand Cru) - seleção de la Croix vinhos franceses
Região
Bourgogne (AOC Chablis Grand Cru)
Uvas 100% Chardonnay - seleção de la Croix vinhos franceses
Uvas
100% Chardonnay
Safra 2018 - seleção de la Croix vinhos franceses
Safra
2018
Tamanho 750 ml - seleção de la Croix vinhos franceses
Tamanho
750 ml
Graduação alcoólica 13° - seleção de la Croix vinhos franceses
Graduação alcoólica
13°
Produção
Produção
"raisonée" (sustentável)
Ocasião Aperitivo, para dois, para praia, presente clássico - seleção de la Croix vinhos franceses
Ocasião
Aperitivo, para dois, para praia, presente clássico
Harmonização <p>Aves, frutos do mar, legumes e queijos fortes, como <i>foie gras</i> grelhado com pêssegos de vinhas, frango assado com cogumelos tipo <i>Trompette de la mort</i>, <i>quenelle</i> de vieiras ao <i>bisque</i> de lagosta, <i>terrine</i> fria de legumes ao <i>coulis</i> de tomates,<i> époisse ao Marc de Bourgogne</i>, torta morna de maçãs caramelizadas.</p> - seleção de la Croix vinhos franceses
Harmonização

Aves, frutos do mar, legumes e queijos fortes, como foie gras grelhado com pêssegos de vinhas, frango assado com cogumelos tipo Trompette de la mort, quenelle de vieiras ao bisque de lagosta, terrine fria de legumes ao coulis de tomates, époisse ao Marc de Bourgogne, torta morna de maçãs caramelizadas.

Serviço Melhor servir a 11 graus. - seleção de la Croix vinhos franceses
Serviço
Melhor servir a 11 graus.
Tempo de guarda Pronto, mas pode ser guardado por mais 15 anos. - seleção de la Croix vinhos franceses
Tempo de guarda
Pronto, mas pode ser guardado por mais 15 anos.

Conheça o produtor Domaine Gautheron

Há sete gerações na mesma família, desde 1809, o Domaine Gautheron preza a fidelidade à terra herdada de seus ancestrais e a responsabilidade de protegê-las para as gerações futuras. Com a chegada de Cyril Gautheron, em 2001, novas instalações foram construídas e o domaine passou de 18 a 28 ha.

Situado a apenas 4km de Chablis, no vilarejo de Fleys, o foco é total sobre a Chardonnay! Produz vinhos nas apelações Borgonha, Petit Chablis, Chablis, Chablis 1er Cru e Chablis Grand Cru. Os ...
Você gostaria de conhecer mais o Domaine Gautheron, clique aqui.
Conheça outros vinhos do Domaine Gautheron, clique aqui.


Conheça a região Bourgogne

Borgonha: país do terroir e da diversidade!

Da antiguidade até nossos dias, os vinhedos borgonheses não param de evoluir e de dar à luz vinhos de renome internacional. Implantados desde o tempo dos Romanos, depois trabalhados pelos monges e duques, os vinhedos da Borgonha ainda se desenvolveram após a Revolução Francesa, adotando-se, desde 1936, a classificação por AOC (Appellation d`Origine Contrôlée). Hoje, seus homens respeitam esta história sem rejeitar a modernida...
Você gostaria de conhecer mais a região Bourgogne, clique aqui.
Conheça outros vinhos da região Bourgogne, clique aqui.

Buscar