Black Flag, 2019

Tipo: Vinho tinto médio
Uvas: 100% Syrah

Descubra esse vinho
Nova cuvée de Mathieu Barret feita de syrah da Ardèche! Vinho muito expressivo com notas de frutas negras maduras. Em boca é macio e ganha brilho pelo final fresco e mineral.

Saiba o que você vai beber

No nariz, as notas de alcaçuz e violeta são explosivas. Na boca os taninos são macios e é a fruta que aparece dando tonicidade ao conjunto que é extremamente suculento e saboroso. Aromas de mirtilo, amoras pretas se mostram num final floral que evoca especiarias orientais num registro fresco de syrah com um estilo sedoso e delicado.


A produção desse vinho é biodinâmica e natural

As uvas desta cuvée são provenientes de vinhas de 23 anos, em conversão biodinâmica, plantadas nos vilarejos de Villeneuve de Berg e Morestel, na Ardèche, cujos solos são de argila e de calcário. A vinificação das uvas, totalmente desengaçadas e não-prensadas, é feita com leveduras indígenas e a fermentação de 2 semanas é feita em tanques de inox de 20hl, sem adição de produtos enológicos. A maturação acontece em cubas diamante de concreto de 10 hl. Adição de 2g/hl de sulfito no engarrafamento.

Saiba tudo sobre Black Flag, 2019

Tipo Vinho tinto - seleção de la Croix vinhos franceses
Tipo
Vinho tinto médio
Região Rhône (Ardèche) - seleção de la Croix vinhos franceses
Região
Rhône (Ardèche)
Uvas 100% Syrah - seleção de la Croix vinhos franceses
Uvas
100% Syrah
Safra 2019 - seleção de la Croix vinhos franceses
Safra
2019
Tamanho 750 ml - seleção de la Croix vinhos franceses
Tamanho
750 ml
Graduação alcoólica 13º - seleção de la Croix vinhos franceses
Graduação alcoólica
13º
Produção Biodinâmica e natural - seleção de la Croix vinhos franceses
Produção
Biodinâmica e natural
Serviço Melhor servir a 16 graus. - seleção de la Croix vinhos franceses
Serviço
Melhor servir a 16 graus.
Tempo de guarda Pronto e para ser bebido em 5 anos. - seleção de la Croix vinhos franceses
Tempo de guarda
Pronto e para ser bebido em 5 anos.

Conheça o produtor Domaine du Coulet

De acordo com Matthieu Barret, a planta é mais feliz em um ambiente selvagem do que em um deserto composto apenas de vinhas. Essa diversidade traz uma identidade distinta para suas uvas; quando o bioma da vinha é tratado com respeito, diz ele, esse equilíbrio é mais fácil de manter. O desejo de revelar vinhos com identidade é a espinha dorsal de tudo o que produz.


Matthieu Barret nasceu em Aix-en-Provence em 1975 e estudou viticultura em Beaune. Ele é da 7ª geração de vinificultu...
Você gostaria de conhecer mais o Domaine du Coulet, clique aqui.
Conheça outros vinhos do Domaine du Coulet, clique aqui.


Conheça a região Rhône

A ligação da região do Rhône com o vinho começa com os gregos, nos tempos antigos, quando na ocasião eles ocuparam a área e trouxeram mudas de uvas viníferas. Mais tarde, os romanos desenvolveram o comércio dos vinhos na região, desenvolvendo uma das primeiras estradas antes mesmo que a região se tornasse propriedade dos papas.

Esta charmosa região está localizada entre as cidades de Lyon e Avignon e apresenta duas facetas em relação à produção de vinhos. No norte predominam os vinho...
Você gostaria de conhecer mais a região Rhône, clique aqui.
Conheça outros vinhos da região Rhône, clique aqui.

Buscar