Beaune 1er Cru Les Reversées, 2000

Região: Bourgogne
Tipo: Vinho tinto

Descubra esse vinho
O pequeno vinhedo Les Reversées (apenas 3,5 hectares), dos quais apenas 1 hectare é cultivado por J.C. Rateau, faz parte da elite dos vinhos de Beaune, Premier Cru de Borgonha. Este complexo Pinot Noir de Bourgogne reflete a perfeita alquimia entre uva, solo e o trabalho do homem; e revela um néctar repleto de emoções e sutilezas. Jean Claude Rateau fundiu delicadeza e estrutura com extrema precisão.

Avise-me quando este produto estiver disponível

Saiba o que você vai beber

O pequeno vinhedo Les Reversées (apenas 3,5 hectares), dos quais apenas 1 hectare é cultivado por J.C. Rateau, faz parte da elite dos vinhos de Beaune, Premier Cru de Borgonha. Este complexo Pinot Noir de Bourgogne reflete a perfeita alquimia entre uva, solo e o trabalho do homem; e revela um néctar repleto de emoções e sutilezas. Jean Claude Rateau fundiu delicadeza e estrutura com extrema precisão.



Saiba tudo sobre Beaune 1er Cru Les Reversées, 2000

Tipo Vinho tinto - seleção de la Croix vinhos franceses
Tipo
Vinho tinto
Região Bourgogne - seleção de la Croix vinhos franceses
Região
Bourgogne
Safra 2000 - seleção de la Croix vinhos franceses
Safra
2000
Tamanho 750 ml - seleção de la Croix vinhos franceses
Tamanho
750 ml

Conheça o produtor Domaine Jean-Claude Rateau

Jean-Claude vem de uma família de vinhateiros. Seu avô paterno, Lucien Rateau, elaborava diferentes tipos de Côte de Beaune brancos e tintos. Seu avô materno produzia um Beaune Villages de guarda. Seu pai cultivou e vinificou parcelas de Bressandes, Prévolles e Reverséees. Jean-Claude se banhou no meio vitivinícola borgonhês desde a mais tenra infância. Depois de ter estudado do Lycée Viticole de Beaune, ele decide fazer um Tour de France trabalhando com diferentes vinhateiros para ...
Você gostaria de conhecer mais o Domaine Jean-Claude Rateau, clique aqui.
Conheça outros vinhos do Domaine Jean-Claude Rateau, clique aqui.


Conheça a região Bourgogne

Borgonha: país do terroir e da diversidade!

Da antiguidade até nossos dias, os vinhedos borgonheses não param de evoluir e de dar à luz vinhos de renome internacional. Implantados desde o tempo dos Romanos, depois trabalhados pelos monges e duques, os vinhedos da Borgonha ainda se desenvolveram após a Revolução Francesa, adotando-se, desde 1936, a classificação por AOC (Appellation d`Origine Contrôlée). Hoje, seus homens respeitam esta história sem rejeitar a modernida...
Você gostaria de conhecer mais a região Bourgogne, clique aqui.
Conheça outros vinhos da região Bourgogne, clique aqui.

Buscar