Fale conosco e tire todas suas duvidas

Fale conosco no Whatsapp

Côte de Brouilly, 2018

Clique numa dessas imagens abaixo para dar o zoom

Mais Imagens

Côte de Brouilly, 2018

médio Tinto

Produtor: Domaine Jean-Claude Lapalu

Região: Beaujolais

Tipo: Tinto

Safra: 2018

Descrição Rápida

Jean-Claude Lapalu é viticultor em Brouilly, um dos dez “crus” de Beaujolais. Ele faz alguns dos melhores Brouilly na região e é o primeiro produtor de Beaujolais a atingir 94 pontos na Parker. Este Côte de Brouilly tem aroma frutado de amoras maduras e cerejas que se misturam com notas de violetas, incenso e carnes grelhadas. O vinho é estruturado, muito fresco e mineral, taninos finos e suculência, um final penetrante e saboroso.

descrição técnica

Share this page
R$355,00

Rótulo: Côte de Brouilly, 2018

Produtor: Domaine Jean-Claude Lapalu Beaujolais
Uvas 100% Gamay
Produtor Jean-Claude Lapalu é viticultor em Brouilly, um dos dez “crus” de Beaujolais. Ele faz alguns dos melhores Brouilly na região e é o primeiro produtor de Beaujolais a atingir 94 pontos na Parker. Suas videiras Gamay estão situadas em Saint-Etienne-la-Varenne, na região de Brouilly, em Beaujolais, e crescem em solo de granito. Há 12 hectares de vinhas velhas (60-80 anos) no total - 7 em Beaujolais, 4 em Brouilly e 1 na Cote-de-Brouilly, todos cultivados estritamente de acordo com princípios orgânicos. Os princípios de Jean-Claude Lapalu são simples: "Eu acho que o vinho deve se alimentar da natureza que o rodeia". Trabalhando com respeito pelo meio ambiente e preocupado com a qualidade de seus vinhos, Jean-Claude Lapalu não usa fertilizantes químicos ou herbicidas - ele prefere arar as vinhas para manter o solo vivo e para a proteção do solo e videiras, ele utiliza apenas tratamentos biológicos que preservam as leveduras indígenas (presentes na casca das uvas). A colheita é naturalmente manual. O domínio é certificado como orgânico pelo ECOCERT.
Produção Não utiliza fertilizantes químicos ou herbicidas. Esta cuvée é o único tinto que Lapalu produz a partir de solos que não são graníticos, já que suas videiras da Côte de Brouilly crescem no amálgama de pedra azul e argila que tipifica essa denominação. A "pedra azul de Brouilly". A exposição é norte – nordeste, colheita manual em pequenas caixas, encubação de 80 % cachos inteiros, 20 % desengaçados. 18 a 20 dias de maceração e prensagem. Fim da fermentação alcoólica se passa em barrica, 9 a 10 meses de maturação. Engarrafamento sem filtragem. Nenhuma adição na vinha como na cave.
Características Cor rubi ligeiramente arroxeada, aromas de amoras maduras e cerejas se misturam com notas de violetas, incenso e carnes grelhadas. O vinho é estruturado, muito fresco e mineral, taninos finos e suculência. Vindo da face norte da denominação, conclui com um acabamento penetrante e saboroso.
Graduação alcoólica 13,5°
Serviço Abrir 30 antes. Servir a 15 graus.
Tempo de guarda Pronto, mas pode ser guardado por mais 5 anos.
Harmonização Harmoniza queijos, embutidos e charcuteria, carnes brancas e blanquette de vitela.