Busca Avançada

64 item(s) encontrados usando os seguinte critérios

  • Tipo: Tinto

Não sabe o que está procurando? Altere seus termos de pesquisa

Itens 21 para 30 de 64 total

  1. Avis de vin fort, 2018
    leve Tinto

    Avis de vin fort, 2018


    Loire (AOC Bourgueil) Catherine e Pierre Breton
    Propriedade familiar com certificação de produção orgânica e biodinâmica. É uma referência no Vale do Loire. A cultura e a produção dos vinhos são artesanais e os rendimentos intencionalmente moderados. Vinhos desenvolvidos sobre a fruta e com frescor. Avis de vin Fort é um vinho tipo clairet. Aromas de frutas vermelhas frescas e cheio em boca.
    R$135,00
  2. Réserve des Seigneurs, 2016
    Encorpado Tinto

    Réserve des Seigneurs, 2016

    Domaine de l'Oratoire Saint Martin
    Côtes du Rhône (Cairanne)
    Cor violeta escuro. Aromas de frutas escuras maduras, e especiarias: canela, cravo, kirsch, amêndoas, tabaco e uma leve nota de violeta. Taninos elegantes e macios. Longo final e persistência.
    R$139,00
  3. Bourgogne Rouge, 2016
    leve Tinto

    Bourgogne Rouge, 2016

    Domaine des Temps Perdus, Clotilde Davenne
    Bourgogne
    Um sedutor Borgonha tinto, o Clotilde Davenne Bourgogne Rouge tem bela coloração rubi, notas de frutas levemente apimentadas, com um pequeno traço de grapefruit que lembra nos lembra de um Ruchottes-Chambertin. Este vinho tem uma incrível mineralidade. É feito à partir de vinhas de mais de 50 anos, na parcela de Les Rosiers, que fica voltada para o Sul, paralela a Irancy. É um raro e fascinante vinho!
    R$142,00
  4. Les Petites Roches, 2016
    medio Tinto

    Les Petites Roches, 2016


    Loire (AOC Chinon)
    O Domaine Charles Joguet tem um passado único. Composto por muitas parcelas que foram vítimas de filoxera ao longo dos séculos, a área é gerida há muito tempo na policultura. Vinho com aromas de frutas vermelhas maduras, especiarias, violeta, ervas e grama. Fresco, com taninos suaves e redondos e bela mineralidade. Envelhecimento prolongado em barris de 1 a 3 anos de uso, por 12 a 15 meses.
    R$145,00
  5. Carignator, 2016
    Médio Tinto

    Carignator, 2016

    Domaine Rimbert
    Languedoc (Saint Chinian)
    Cor vermelho cereja profundo. No nariz diversos perfumes selvagens e sabores de frutas escuras, como cerejas, amoras e de flores como pivoine e hibisco. Tem uma potência aromática impressionante! Na boca mistura de frutas escuras, rosas, notas minerais, com taninos presentes mas aveludados e elegantes, uma persistência infinita!
    R$145,00
  6. Les Terres Blanches, 2015
    Encorpado Tinto

    Les Terres Blanches, 2015

    Clos de Grillons
    Côtes du Rhône
    Nicolas Renaud era professor de história antes de se tornar um enólogo em 2007, assumindo as vinhas de 17 ha em Rochefort-du-Gard que hoje possuem em torno de 50 anos. A origem desta paixão ocorreu nas visitas em seus primeiros anos na vinha e na memória de um vinho em particular, e não de qualquer um, mas do grande Henri Bonneau, famoso produtor de Chateauneuf-du-Pape com quem fez seu aprendizado, no Domaine de Vieille Julienne. Esse vinho tem aromas expressivos de cerejas, coulis de frutas vermelhas e uma nota floral que remete a rosas. Também aparecem uma leve nota sanguínea e um toque de pimentas preta. Na boca é um vinho que cheio, rico e expressivo, com taninos presentes mas elegantes, fruta redonda e bela estrutura. Longo e exuberante!
    R$157,00
  7. Clef de Sol Rouge, 2014
    encorpado Tinto

    Clef de Sol Rouge, 2014

    Domaine la Grange Tiphaine
    Loire (Touraine-Amboise)

    Vermelho-cereja, a cor do Clef de Sol Rouge 2014 do Domaine de La Grange Tiphaine é brilhante, com tons violáceos. Que harmonia no nariz! As notas de especiarias doces misturam-se delicadamente com as de frutas, como mirtilo, groselha e amora. Após algum tempo em taça, aparecem notas de defumado e tostado. Na boca o Clef de Sol é um vinho incisivo e intenso. Os taninos estão bem e completamente integrados. O final de boca é uma explosão de notas de especiarias, seus sabores permanecem longos na boca para o nosso grande prazer. Um vinho raro!

    R$157,00
  8. Morgon, 2014
    Leve Tinto

    Morgon, 2014

    Domaine Roland Pignard
    Beaujolais (Morgon)
    O Domaine Roland Pignard é uma das grandes referências de vinhos da região de Beaujolais. A propriedade se extende por três apelações: Morgon, Régnié e Beaujolais Villages. Os 4 hectares são cuidados minuciosamente por Roland e sua esposa, Joëlle. Roland é um apaixonado pela natureza e pelas vinhas e por isso toda a sua produção é orgânica e biodinâmica, permitindo assim que suas uvas expressem ao máximo e com muita autenticidade cada um dos terroirs dos Cru de Beaujolais.
    R$158,00
  9. Le Loup dans la Bergerie, 2018 Magnum
    leve Tinto

    Le Loup dans la Bergerie, 2018 Magnum

    Domaine de l'Hortus
    Languedoc (Pic Saint Loup)
    O Domaine l'Hortus é propriedade de Jean Orliac, um dos grandes inovadores de Pic Saint-Loup. Sua família produz vinhos há 3 gerações. Esse vinho é o reflexo perfeito do que deveria ser um vinho cuja proposta principal seja a expressão máxima da fruta: macio, rico de frutas colhidas e taninos aveludados.
    R$165,00
  10. Régnié, 2015
    Leve Tinto

    Régnié, 2015

    Domaine Roland Pignard
    Beaujolais (Régnié)
    O Domaine Roland Pignard é uma referência em vinhos orgânicos e biodinâmicos da região de Beaujolais. A propriedade se extende sobre três apelações: Morgon, Régnié e Beaujolais Villages. Os 4 hectares são cuidados minuciosamente por Roland e sua esposa, Joëlle. Roland é um apaixonado pela natureza e pelas vinhas e por isso toda a sua produção é orgânica e biodinâmica, permitindo que suas uvas se expressem ao máximo e com toda a autenticidade de cada um dos terroirs que cultiva.
    R$165,00

Itens 21 para 30 de 64 total