Beaujolais Village, 2017

Clique numa dessas imagens abaixo para dar o zoom

Mais Imagens

Beaujolais Village, 2017

leve Tinto

Produtor: Domaine Jean-Claude Lapalu

Região: Beaujolais

Tipo: Tinto

Safra: 2017

Descrição Rápida

Jean-Claude Lapalu é um enólogo da 3ª geração que fundou o seu domaine apenas recentemente em 1996. Ele faz alguns dos melhores Brouilly na região e é o primeiro produtor de Beaujolais a atingir 94 pontos na Parker. Resultante de vinhas com uma alta densidade de plantio em um solo arenoso e granítico no meio da encosta, favorecendo uma rápida maturação, certamente o setor mais precoce de Beaujolais. Aromas convidativos de cerejas, ameixas e especiarias quentes. No paladar é leve, com notas de frutas suculentas, gastronômico, redondo e picante.

descrição técnica

Share this page
R$194,00

Rótulo: Beaujolais Village, 2017

Produtor: Domaine Jean-Claude Lapalu Beaujolais
Uvas 100% Gamay
Produtor Jean-Claude Lapalu é um enólogo da 3ª geração que fundou o seu domaine apenas recentemente em 1996. Ele faz alguns dos melhores Brouilly na região e é o primeiro produtor de Beaujolais a atingir 94 pontos na Parker. Há 12 hectares de vinhas velhas (60-80 anos) no total - 7 em Beaujolais, 4 em Brouilly e 1 na Cote-de-Brouilly, todos cultivados estritamente de acordo com princípios orgânicos. Os princípios de Jean-Claude Lapalu são simples: "Eu acho que o vinho deve se alimentar da natureza que o rodeia". Trabalhando com respeito pelo meio ambiente e preocupado com a qualidade de seus vinhos, Jean-Claude Lapalu não usa fertilizantes químicos ou herbicidas - ele prefere arar as vinhas para manter o solo vivo e para a proteção do solo e videiras, ele utiliza apenas tratamentos biológicos que preservam as leveduras indígenas (presentes na casca das uvas). A colheita é naturalmente manual. O domínio é certificado como orgânico pelo ECOCERT.
Produção Não utiliza fertilizantes químicos ou herbicidas. Resultante de vinhas com uma alta densidade de plantio em um solo arenoso e granítico no meio da encosta, favorecendo uma rápida maturação, certamente o setor mais precoce de Beaujolais. Vinhas de 50 a 80 anos vinificadas em duas cubas: uma para maceração carbônica para o preservar o lado da fruta e seu frescor; e a idade das videiras dá a estrutura. Colheita manual para respeitar a integridade do cacho. A vinificação é feito com o cacho inteiro e não há nenhum aporte de enxofre para a vinificação e o início natural da fermentação ocorre graças as leveduras indígenas. Maceração de 10 a 20 dias. A conservação do vinho livre das grandes borras, mas em borras finas, é feita em cuba durante 6 a 7 meses antes do engarrafamento ou a data varia apenas em função da lua.
Características Aromas convidativos de cerejas, ameixas e especiarias quentes. No paladar é leve, com notas de frutas suculentas, gastronômico, redondo e picante.
Graduação alcoólica 13,5°
Serviço Abrir 30 minutos antes. Servir a 15 graus.
Tempo de guarda Pronto, mas pode ser guardado por mais 3 anos.
Harmonização Charcuteria, tortas salgadas, quiches, massas e risotos, carne branca e vermelha. Queijos moles